TESTE

Blog

HomeNotícias e DicasOrtopedia – O Que Devo Fazer Se Tenho Dores Frequentes Na Coluna?

Ortopedia – O Que Devo Fazer Se Tenho Dores Frequentes Na Coluna?

A dor nas costas é um sintoma que está entre as queixas mais comuns do dia a dia da população. Esta dor pode ser leve ou mais intensa, rápida ou constante. Estima-se que todas as pessoas terão pelo menos um caso durante a vida. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde a dor nas costas atinge cerca de 27 milhões de brasileiros.
Ela pode se acarretar na coluna vertebral, nervos, músculos ou em outras estruturas. Ou então, pode também se desenvolver em outros órgãos e se expandir para as costas, como: ovariana, infecções, infarto e outros problemas.
Fatores de risco. Existem alguns fatores que podem colocar a pessoa em maior risco, até mesmo crianças e adolescentes.

Idade: mais comum à medida que você envelhece, iniciando por volta dos 30 à 40 anos;

Levantamento de peso: usando as costas ao invés das pernas, isso pode levar a dor nas costas;

Falta de exercício: músculos fracos e sem uso;

Excesso de peso: carregar peso demais causa estresse extra nas costas;

Tabagismo: impede o corpo de fornecer nutrientes suficientes para os discos das costas.

Frequentemente, esses fatores são tratados como uma doença isolada ou apenas como incômodos na coluna. Mas, como podemos ver, eles podem ser reflexos de maus hábitos ou sinais de alguma doença mais grave.

Cuidados – Como aliviar a dor nas costas?

Existem uma série de tratamentos que podem aliviar os sintomas de dor nas costas. É muito importante conversar com seu médico sobre os riscos e antes de iniciar qualquer nova atividade ou terapia. Recomenda-se sempre ao paciente a fazer repouso e se a dor não melhorar entre 24 a 48 horas,
o ideal é procurar médico especializado.

Alongamento: Deve fazer parte da rotinas diárias, iniciar pela manhã ou no final da tarde. Até que você consiga realizar pelo menos 3 vezes ao dia, por 20 segundos cada alongamento.

Postura do pescoço: Cabeça de uma pessoa adulta pesa em média 4kg à 6kg em posição neutra. Quando a cabeça é inclinada para frente, a força do pescoço passa a ser percebida em cerca de 12kg a 18kg. Essas posturas são tomadas na maioria das vezes quando utilizamos celulares, tablets e computadores. Para evitar estes problemas é sempre importante usar estes aparelhos na altura dos olhos, mantendo os ombros relaxados e braços apoiados.

Postura para dormir: A postura para dormir influencia a qualidade do sono. Dormir bem fortalece o sistema imunológico e de forma adequada, previne dores, tensões e compressões da coluna vertebral e das articulações envolvidas.

Respiração: O simples fato de respirar profundamente colabora para melhorar as dores na coluna, sobretudo lombares. Isso porque o diafragma tem um papel importante no controle da coluna, atuando como um estabilizador. Quando respiramos pelo diafragma, exigimos não só o próprio músculo mas também músculos abdominais, peitorais e dos ombros. Todos eles ajudam a manter uma postura correta.

Auto-massagem: É uma ação de conforto massagear uma área que está sob tensão em nosso corpo. Essa é uma atitude que aumenta a circulação sanguínea, melhora a oxigenação dos músculos, diminui as dores musculares e promove relaxamento e o bem-estar.
Mesmo sendo avaliada como uma dor comum, que pode ser resolvida, existem situações em que a dor nas costas merece uma avaliação mais cuidadosa de um profissional, sendo indispensável a consulta médica. Por isso é tão importante ser precavido e ter sempre a sua disposição um convênio médico.

Clique aqui para fazer agora mesmo uma cotação e descobrir o melhor plano para você!

Written by

The author didnt add any Information to his profile yet

Leave a Comment

Pesquisa