TESTE

Authoradmin

HomeArticles Posted by admin (Page 2)

Saúde pública e o seu futuro

Saúde pública dificulta cada vez mais a resolução de problemas crônicos. Em 2019 o SUS perdeu orçamento federal com a nova ementa AEC95. Nessa nova regra, o gasto primário do governo federal fica limitado por um teto definido pelo montante gasto no ano anterior, reajustado pela inflação acumulada, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Sendo assim, o crescimento nominal em relação a 2018 é de apenas 2,5%. A EC 95 impacta o sistema público de saúde, pois, com essa limitação o que seriam R$ 127 bilhões, tornou-se R$ 117,3 bilhões para o sistema de saúde.

O sistema do SUS enfrenta alguns problemas os quais o sistema privado tenta combater. O número 1 da lista é a falta de médicos, de acordo com o IBGE, há 1 médico para cada 470 habitantes- situação que piora no Norte e no Nordeste. Os números são parecidos com os da OMS: 17 médicos para cada 10 mil brasileiros. Na Europa, por exemplo, esse número chega a 33 médicos para cada 10 mil habitantes. O segundo maior problema é a falta de qualificação dos médicos, pois a medicina é uma área que requer constante atualização e capacitação, mas, muitas vezes na rede pública isso não é exigido. Quem contempla um plano de saúde encontra especialistas em todas as áreas, profissionais renomados no Brasil e no exterior.

A emergência lotada é uma característica do sistema público de saúde. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o atendimento de emergência da rede pública tem mais de 31% de índice de reprovação. A demora em atendimentos também é uma realidade, infraestrutura deficitária e falta de medicamentos nas farmácias de alto custo são algumas barreiras que a população enfrenta na rede pública. Segundo levantamento da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), de outubro do ano passado, quase 61% dos brasileiros reprovam a qualidade do sistema. A espera por cirurgias também é um problema recorrente. Segundo os dados da Secretaria de Saúde, até 28 de novembro, havia 6.690 pessoas na fila de espera. A maioria delas era para procedimentos de otorrino e urologia.

Se você também não quer depender do sistema público de saúde em 2020, a Camp-Med Saúde pode te ajudar.

Contrate um plano de saúde e aposte em um futuro tranquilo. Camp-Med, os melhores planos de saúde para a sua vida!

Continue a ler

Sorriso bem cuidado influencia na vida pessoal e empresarial | Saiba Mais

Sorriso bem cuidado pode trazer diversos benefícios para nossa saúde bocal e até mesmo para outras partes do corpo. Uma vez que uma boca descuidada pode desenvolver doenças que afetam até o nosso coração.

Porém, o que poucas pessoas sabem é que os benefícios podem ser até mesmo psicológicos, atribuindo vantagens para nossa vida pessoal e corporativa.

Mas como essa influência ocorre?

Um sorriso tem influência direta com a autoestimas das pessoas. Estudos mostram que uma pessoa satisfeita com o seu sorriso é mais feliz e confiante. Pois quando sorrimos, nosso organismo recebe doses de endorfina e serotonina, hormônios conhecidos como o do bem-estar e felicidade.

Nas relações sociais, o cenário não é diferente. A expressão facial transmitida pelo sorriso passa, principalmente, a ideia de segurança, responsabilidade e inteligência.

Logo, um sorriso bem cuidado é considerado porta de entrada para diversas oportunidades, inclusive de emprego.

Visite um dentista regularmente e comece 2020 sorrindo!

A Camp-Med pode te ajudar a encontrar o melhor plano odontológico!

Entre em contato e saiba mais!

Continue a ler

Plano de saúde para crianças |Como escolher o melhor?

Plano de saúde para crianças sempre gera dúvidas. Como escolher o melhor?

As crianças brincam, pintam, e se machucam e em seus primeiros 30 dias de vida o plano de saúde da mamãe cobre sua segurança. Mas após isso, como escolher o melhor plano de saúde para o pequeno?

Primeiro, é preciso ter em mente os meios de pagamento, basicamente, há 2 formas de pagamento em qualquer plano de saúde: a mensalidade fixa e com coparticipação. De uma forma geral, a segunda modalidade é a que sai mais em conta. Na mensalidade fixa, há apenas a parcela mensal e não é preciso pagar nada a mais pelos procedimentos.

Vale ressaltar que se você já possui um plano de saúde pode-se fazer uma contratação do tipo PME (Pequena Média Empresa), através de um CNPJ, na qual o seu filho entraria como dependente. Para contratar, deve-se ter um mínimo de duas ou três pessoas no convênio, quantidade que varia de acordo com a operadora, e o dono do CNPJ deve estar incluso no contrato.

Na segunda modalidade, você paga um valor mensal pequeno e uma taxa de até 40% cada vez que usar um procedimento (esse valor pode mudar de acordo com o plano de saúde).

Outro ponto necessário para essa escolha é perguntar sobre o período de carência. Os prazos máximos de carência para começar a usar consultas, exames e internações são definidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Mas, muitas operadoras oferecem prazos menores como diferenciais, o que pode ser muito interessante em um plano de saúde para criança.

Nesta fase da vida é maior a demanda de consultas e exames. Então, o terceiro ponto é que se deve optar por uma contratação ambulatorial e, se quiser também estar prevenido para caso uma internação seja necessária, opte pela ambulatorial mais a hospitalar, tida como a forma de plano padrão.

E por último, é comum também que os pais busquem por planos que cobrem vacinas, já que durante a infância é comum que a necessidade de imunização seja mais recorrente. Contudo, a maioria dos planos não oferecem os programas de vacinação, estando presentes nos planos das categorias premium.

A Camp-Med é especializada em consultoria em planos de saúde.

Entre em contato e saiba qual é o melhor plano para o seu filho.

Continue a ler

Alzheimer pode ser prevenido por um exame de sangue?

Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro que acomete pessoas com mais idade. Funções cerebrais como memória, linguagem, cálculo, comportamento são comprometidos lentamente e de forma progressiva levando o paciente a uma dependência para executar suas atividades de vida diária. Atualmente, o diagnóstico se dá com a entrevista médica e a exclusão de outras doenças por meio de exames de sangue e de imagem (tomografia ou ressonância magnética) e avaliação neuropsicológica (expandida ou computadorizada). Porém, ainda não é acessível um exame único que dê segurança sobre o diagnóstico.

Felizmente, cientistas americanos desenvolveram um exame de sangue que pode detectar o Alzheimer até vinte anos antes de a doença manifestar sintomas graves, como a perda de memória. Segundo os pesquisadores, a precisão dos resultados do teste na identificação de alterações cerebrais chega a 94%. A novidade, que ainda deve levar alguns anos para ser disponibilizada no mercado, é capaz de indicar o acúmulo da proteína beta-amiloide no cérebro, que é um dos principais indicativos da doença.

Para identificar a presença da proteína beta-amiloide no cérebro, a equipe da Universidade de Washington nos Estados Unidos, decidiu medir a proporção de dois fragmentos dessa proteína: a-beta 42 e a-beta 40. De acordo com os pesquisadores, esses fragmentos se formam quando a beta-amiloide é cortada por enzimas — um processo natural do organismo. Entretanto, no caso de quem desenvolve o Alzheimer, essas partes menores resultantes do corte começam a se unir, formando placas.

Para avaliar a eficácia do exame, os cientistas realizaram testes em 158 pessoas com mais de 50 anos e funções cognitivas normais. Ao compararem os resultados do exame de sangue a imagens de placas do cérebro dos participantes, eles obtiveram 88% de paridade. Ou seja: o exame de sangue alcançou grande precisão para captar a quantidade de beta-amiloide presente no cérebro dos voluntários. Quando comparados os resultados dos exames de sangue aos testes genéticos, a precisão do mapeamento da beta-amiloide subiu para 94%.

Nos dias atuais, com pacientes diagnosticados tardiamente, as terapias não servem nem para diminuir a perda cognitiva dos afetados, porém com esse novo método, isso será possível quando se tornar disponível para o público.

Continue a ler

Depressão | Você sabia que estimular a cérebro tem efeito promissório no tratamento?

Estimular o cérebro tem efeito promissório no tratamento da depressão. A doença psiquiátrica gera tristeza profunda, perda de interesse, ausência de ânimo e oscilações de humor. Muitas vezes é confundida com ansiedade e pode levar a pensamentos suicidas. A doença atinge mais de 300 milhões de pessoas de todas as idades no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a estimativa é que 5,8% da população seja afetada pela doença.

 A depressão afeta o hipocampo, a amígdala e o córtex pré-frontal. Essas três regiões do cérebro respondem por funções importantes, como o processamento da memória, aprendizado, concentração e cognição. Por isso, quem enfrenta a doença pode ter problemas em tomar decisões, lembrar de certas coisas e até mesmo se concentrar durante uma aula ou reunião. A boa notícia é que a doença também pode ser tratada sem nenhum remédio, dependendo do estágio que se encontre, sabe como? Através de exercícios físicos e pensamentos positivos!

A prática de exercício físico combate a depressão quando é constante e moderado, pois tem efeitos benéficos na saúde em geral e, ao nível psicológico, pode reduzir a ansiedade, melhorar a autoestima e autoconfiança, melhorar a cognição e diminuir o stress. O exercício físico libera no cérebro substâncias, as endorfinas, que proporcionam uma sensação de paz e de tranquilidade; são neuromediadores ligados à génese do bem-estar e do prazer. Por ser um potente libertador de endorfinas, o exercício físico cria a boa dependência quando praticado regularmente, e faz falta como faria qualquer outra substância associada ao prazer.

Por isso, a saúde da mente começa pelo corpo. “O exercício físico libera endorfinas e aumenta os níveis de serotonina e dopamina, potencializando o efeito antidepressivo do tratamento”, explica a neurologista Thais Rodrigues. Além disso, o organismo só funciona adequadamente se estiver com o equilíbrio de fatores físicos, psíquicos e sociais. Dessa forma, se o paciente com depressão consegue ânimo para se exercitar, também conseguirá melhorar questões psíquicas, tais como a depressão.

Outro aliado para combater a depressão é mudar o modo de pensar: evite pensamentos tóxicos. Pensamentos negativos atraem essa mesma energia ao seu redor, por acaso você já ouviu que “semelhante atrai semelhante”? Pois, quando você se encontra em um estado negativo está se fechando para energias boas fluírem seu nosso redor. Tudo começa pela onda eletromagnética que é emitida para o universo através do pensamento. Pensamento possui força, e se essa é de baixa frequência, são situações que carregam essa mesma sintonia serão encontradas naquele dia. Porém, quando você se abre para alta vibrações, também permite que coisas boas aconteçam. A depressão é uma doença que tende a focar sempre no negativo, por isso a negatividade se expande cada vez mais na pessoa depressiva, se ela permitir essa energia. É importante estarmos conscientes que nós podemos mudar a nossa saúde mental a qualquer momento, basta acreditarmos.

 

Entre em contato conosco clicando aqui

Continue a ler

Planos Odontológicos | Motivo Para Ter Um Belo Sorriso

Sorrir diz muito sobre cada um: sua relação consigo mesmo, autoconfiança, sentimentos e até sua saúde. O sorriso aproxima, e antes de tudo, abre portas. Quando sorrimos estamos indiretamente dizendo, de acordo com Garcia Huete, perito em relações interpessoais: “Estou à vontade e seguro das minhas ações”. Sendo assim, é importante cuidar do seu sorriso para que ele possa transmitir o que você deseja e causar um impacto positivo.

No ambiente profissional, um belo sorriso é sempre algo muito marcante, esse pode ser um ótimo artifício para o seu marketing pessoal. Além disso, em muitas funções que envolvem relação direta com as pessoas, como no setor de vendas, o sorriso do candidato pode ser considerado um dos fatores determinantes para se conseguir a vaga. O colunista José Dornelas descreve que o sorriso pode inclusive aumentar o rendimento das equipes durante as reuniões de trabalho.

De acordo com o Dornelas, em artigo publicado no site uol, o aumento da performance nas reuniões foi constatado por pesquisadores da Universidade de Nebraska, ao analisarem 54 equipes em duas organizações industriais da Alemanha. Eles chegaram à conclusão que times de pessoas ao experimentaram interações humorísticas durante reuniões, tais como uma brincadeira, seguida de risadas que levaram a outra brincadeira, tiveram aumento da performance quanto ao atingimento de objetivos. A razão aparente é que as interações humorísticas desencadeiam comportamentos de resolução de problemas importantes, inclusive estimulando os membros das equipes a discutir sobre novas ideias.

Portanto, o ditado de que sorrir é o melhor remédio é verdade e tem fundamento científico. Com nossos planos odontológicos você pode se sentir à vontade em liberar seu bom humor com um belo sorriso para fluir seus projetos profissionais! Quer aderir um Plano Odontológico de forma rápida, segura e sem burocracia, com opções de pagamento em cartão de crédito ou boleto? Faça o orçamento online ou por telefone conosco, nada pior que não ter confiança em seu sorriso!

A nossa equipe ficará feliz em te ajudar a escolher qual melhor plano para o seu perfil dentre as diversas opções: Amil, Bradesco, Interodonto, OdontoPrev, Sul América e Uniodonto.

 

Entre em contato conosco clicando aqui

Continue a ler

Qual a importância da vacinação?

A maioria das doenças que podem ser prevenidas por vacina são transmitidas pelo contato com objetos contaminados ou quando o doente espirra, tosse ou fala, pois ele expele pequenas gotículas que contém os agentes infecciosos. Assim, se um indivíduo é infectado, pode transmitir a doença para outros que também não foram imunizados.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacinação evita entre 2 a 3 milhões de mortes por ano, e outras 1,5 milhão de mortes poderiam ser evitadas se a cobertura global de vacinação melhorasse.

Diante desses números e das doenças inumo-preveníveis, a coordenadora de Imunizações da SES-MG afirma que a vacinação não apenas protege aqueles que recebem a vacina, mas também ajuda a comunidade como um todo. Quanto mais pessoas de uma comunidade ficarem protegidas, menor é a chance de qualquer uma delas, vacinada ou não, ficar doente. Por isso, é necessário que você não deixe de atualizar sua carteirinha de vacinação!

Aliás, você sabia que existe um calendário de vacinas que deve ser seguido por todos os cidadãos, do momento do nascimento à velhice?

Nós, da Camp-Med, garantimos sua imunização dentro do próprio plano de saúde. Sim, temos planos médicos que cobrem a sua vacina. Fácil, não é mesmo?

Nós encontramos o melhor plano para você.

Fale conosco clicando aqui

Continue a ler

Sarampo | Casos de Surto da Doença | Saiba Como Previnir

Surto de Sarampo – Saiba como se prevenir

Este ano, mas precisamente nos últimos meses, o sarampo tem se espalhado e os casos tem aumentado continuamente no estado de São Paulo. De acordo com o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado na quarta-feira, 18 de setembro, o número de casos confirmados de sarampo chegou a 4.229 no estado de São Paulo. Um aumento de 19,71% em relação à semana anterior. Destes, 55,7% se concentram na capital, com 2.397 casos registrados.

A faixa etária de maior incidência está em crianças entre um e dois anos de idade e a Secretária de Saúde acredita que muitos no grupo, não tomaram a segunda dose da vacina recomendada aos 15 meses.

Com o aumento dos números de ocorrências, o Ministério da Saúde tomou a iniciativa de fazer, durante os meses de outubro e novembro, uma campanha para imunização contra o sarampo. A primeira etapa será voltada para crianças a partir de seis meses e menores de cinco anos, que será realizada entre o dia 7 e 25 de outubro; a segunda terá com foco a faixa etária entre 20 e 29 anos, que será de 18 a 30 de novembro. O Dia D – datas de mobilização, já foram escolhidas: 19 de outubro e 30 de novembro.

 

Afinal, o que é sarampo?

O sarampo é um vírus altamente contagioso que pode ser transmitido pelo contato com o infectado, quando ele tosse, espirra, fala ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar a doença é através da vacina.

Principais sintomas do sarampo:

  • Mal-estar;
  • Febre acompanhada de tosse persistente;
  • Irritação nos olhos/conjuntivite;
  • Nariz escorrendo ou entupido;
  • Manchas vermelhas pelo rosto ou corpo;
  • Lesões na boca.
  • Esses sintomas podem aparecer em até 10 dias após a infecção. Se em torno do 3º ao 5º dia aparecer manchas vermelhas no rosto e elas
  • começarem a se espalhar pelo corpo, seguido de sintomas febris, esse é um sinal de alerta que pode indicar gravidade, principalmente se o
  • paciente for criança com menos de 5 anos de idade.

 

 

Prevenindo o Sarampo

A doença pode ser evitada através da vacinação. Os critérios de indicação de vacina são revisados periodicamente pelo Ministério da Saúde e levam em conta: idade, características clínicas da doença, ocorrência de outros surto, ter adoecido por conta do sarampo durante a vida toda, entre outros.

Existem pessoas nas quais a vacina não pode ser realizada, são elas:

  • Mulheres grávidas;
  • Pessoas com doença que afetam o sistema imunológico;
  • Pessoas que já estão com suspeitas de estar com a doença;
  • Crianças com menos de seis meses.
  • Aqueles que já tiveram sarampo não correm riscos de contrair a doença novamente. Entretanto, a vacinação ainda é recomendada, pois
  • também protege contra outras doenças como caxumba, catapora, rubéola e varicela. As vacinas estão disponíveis durante todo o ano nos
  • postos de saúde; elas fazem parte do calendário do Ministério da Saúde.

 

 

Vai fazer um viagem?

Se você está planejando uma viagem internacional, é necessário tomar a vacina com até 15 dias de antecedência. A mesma condição vale para aqueles que vêm visitar o Brasil.

O Sarampo é uma doença que na sua gravidade, pode ser fatal, levando o paciente a óbito. Por isso, é extremamente importante não ignorar a importância da vacinação orientada. Esteja sempre em alerta e preparado. Tenha um plano de saúde para emergências.

Nós encontramos o melhor plano para você. Fale conosco CLICANDO AQUI

Continue a ler

Doenças Comuns Em Crianças Na Primavera

Doenças comuns em crianças na primavera

A estação responsável por trazer de volta as temperaturas mais quentes também é responsável por facilitar a transmissão de infecções respiratórias a patologias como catapora e caxumba. Confira algumas das doenças comuns na primavera e formas de mantê-las longe das crianças.

Roséola é uma doença característica de crianças entre 6 meses e 6 anos, com foco maior entre crianças com até 2 anos de idade. Essa doença pode ser percebida principalmente por uma alta febre entre 3 e 4 dias e pelo aparecimento de manchas róseas na pele. Além disso, existem outros sinais, como coriza e falta de apetite.

Essa doença pode ser causada pelo vírus do herpes humano tipo 6 e 7, que é transmitido pela saliva.

Ainda não existe um tratamento contra a roséola, então a forma mais eficiente de preveni-la é adotando bons hábitos de higiene e evitando o contato do bebê com indivíduos doentes.

Caxumba é uma doença viral que atinge a região da mandíbula. Causa dores musculares, dificuldade em mastigar ou engolir, calafrios e febre. Se não tratada pode atingir outros órgãos e sistemas.

O tratamento mais comum inclui repouso, alimentação saudável e consumo de água. Além disso, existe também a vacina de prevenção que faz parte da tetra viral.

 

Conjuntivite é uma inflamação contagiosa que causa irritabilidade nos olhos. É provocada por alergias, bactérias ou vírus e pode ser transmitida por objetos e utensílios.

O principal sinal são os olhos vermelhos com coceira. Como prevenção é importante evitar contato direto com pessoas doentes, locais fechados com grande número de pessoas quando se sabe de surtos da doença e, principalmente, por meio da vacinação incluída na tetra viral. Para tratamento depende do tipo de conjuntivite, sendo tratada com anti-histamínicos ou colírios antibióticos.

 

Escarlatina é uma doença que atinge crianças e adolescentes até os 15 anos de idade e que possui como principal sintoma febres altas. Dores do corpo, na garganta, mal-estar, vômitos e lesões na pele (primeiramente na cabeça) são sinais iniciais desta infecção. Ela é transmitida por meio do contato direto com pessoas doentes, via gotículas expelidas por meio da fala, tosse e espirro e, além disso, pelo compartilhamento de objetos.

O tratamento geralmente é realizado com antibióticos administrados por um pediatra.

Catapora é uma doença infectocontagiosa que atinge crianças abaixo de 10 anos de idade. É transmitida pelo contato direto com outra pessoa doente, seja por meio de gotículas de saliva ou por compartilhamento de objetos. Os sinais mais conhecidos são: febre, bolhas avermelhadas e lesões na pele, com foco no rosto e no tronco.

É uma doença sem grandes complicações e que possui vacina como prevenção e tratamento.

Lembrando que para qualquer caso o aconselhável é levar a criança para o pediatra para avaliação e medicação caso necessário. Por isso, é muito importante manter o convênio médico do seu filho em dia, caso haja algum imprevisto.

O custo do seu plano de saúde está muito alto? Nós podemos ajudá-lo a reduzi-lo. Entre em contato conosco e saiba mais.

Continue a ler

Check-Up Para as Mulheres | Qual a Sua Importância?

Cada ciclo da vida tem suas particularidades e exige atenção especial em alguns pontos para se manter com a saúde em dia. As mulheres atravessam períodos diferentes ao longo da vida, o que requer, além dos exames ginecológicos de rotina, elas devem ficar atentas a quaisquer alterações que surjam no seu corpo. Por isso é importante realizar o check-up geral periódico, sempre é bom lembrar, principalmente a pedido médico.

Estes cuidados são básicos para precaver doenças e também para diagnosticar eventuais patologias, como o câncer de mama que aumenta as chances de realizar o tratamento com sucesso. Lembrando que varia com cada faixa etária da mulher.

Faixas etárias e seus check-ups

Jovens com menos de 20 anos, são norteadas a fazer exames laboratoriais e sorologias que incluem entre outros, hemograma completo e teste para identificar hepatite, sífilis e Aids. Ao mesmo tempo, realizam ultrassom pélvico, transvaginal e Papanicolau para averiguar a existência de clamídia, sendo analisada como uma das doenças sexualmente transmissível mais comum e uma das principais causas de infertilidade quando não tratada.

Logo, as mulheres entre 20 e 30 anos fazem todos esses testes e mais uma ultrassonografia de mamas, a partir dessa idade é muito importante começar o controle do câncer de mama.

Dentre os 31 e 40 anos, o check-up inclui ainda ultrassonografia da glândula tireoide e pesquisas para identificar o vírus HPV.

Dos 41 aos 50 anos, na bateria de exames é acrescentada a mamografia, fundamental nessa faixa etária para complementar a investigação sobre câncer de mama.

Na faixa dos 51 aos 60 anos e acima de 60 anos, o check-up contempla também a densitometria óssea, que ajuda a diagnosticar a osteoporose.

Saúde geral da mulher

O check-up feminino é uma avaliação ampla que varia de mulher para mulher, de acordo com sua fase que está sendo vivida e também tratado mediante os objetivos a serem alcançados, que sempre gira em torno da qualidade de vida e da sobrevivência da mulher.

O conceito de saúde definido pela Organização Mundial da Saúde, é um estado de completo bem-estar físico, mental e não somente a ausência de doenças. A maior parte da sociedade quando se fala de saúde e qualidade de vida se esquece, por exemplo, da saúde mental e emocional.

A atividade física também faz parte das atitudes que são necessárias para que a mulher conserve sua saúde em dia, como um todo, garantindo uma melhor qualidade de vida e maior longevidade.

No mundo contemporâneo onde desde muito jovens as mulheres assumem uma rede de compromissos entre trabalho, estudo, família e entretenimento, é comum ouvir o discurso que justifica a vida sedentária: “a falta de tempo”. Podemos ressaltar que pessoas ativas são mais autoconfiantes, menos deprimidas e estressadas, apresentam maior vigor físico resistindo mais às doenças, mantém um peso dentro da normalidade e apresentam uma pressão arterial e frequência cardíaca em níveis mais baixos que uma pessoa sedentária. Além disso, pessoa ativa tem maior volume de oxigênio pulmonar, o que facilita suportar atividades de longa duração com mais facilidade, melhora a postura e combate os maus hábitos.

Portanto, não deixe a sua saúde de lado! Mantenha seus exames de rotina e suas consultas marcadas. Essas consultas e exames podem ter um custo bem elevado para aquelas que possui um convênio médico. Por isso, é importante ter um plano de saúde para manter a mesma em dia.

Aqui nos temos os melhores planos com valores acessíveis de acordo com a sua necessidade.

 

Faça agora uma cotação.

Continue a ler

Pesquisa